Ano da Eucaristia

O Ano da Eucaristia foi aberto oficialmente em Outubro de 2004 pelo Papa João Paulo II. Karol Wojtyla explicou, durante a oração do Angelus, que o Ano da Eucaristia seria "um tempo de reflexão, mas também de difusão da mensagem cristã”.

Um mês depois, João Paulo II destacou o fato de o Sínodo dos Bispos decorrer durante a celebração do Ano da Eucaristia e, por coincidência, ter como tema "A Eucaristia: fonte e ápice da vida e da missão da Igreja". “Ocasião propícia para que a Igreja confirme a fé no mistério da Eucaristia e renove a comunhão colegial e hierárquica, promovendo a caridade fraterna”, destacou o Sumo Pontífice durante uma audiência concedida aos participantes do X Conselho Ordinário da Secretaria-geral do Sínodo.

O Papa lembrou a encíclica "Ecclesia de Eucharistia" e a carta apostólica "Mane Nobiscum Domine", para sublinhar a necessidade de que "a doutrina e a prática eucarística encontrem universalmente os ânimos prontos para a comunhão com o Senhor e com os irmãos, no mandamento da Caridade".

"A Igreja - acrescentou o Bispo de Roma - tira da Eucaristia as energias vitais para a sua presença e a sua ação na história dos homens".