Papa afirma que a fidelidade e castidade são o meio infalível para prevenir a aids
12/06/2005

A fidelidade e a castidade são o meio infalível para prevenir a expansão da aids, afirmou esta sexta-feira Bento XVI ao receber os bispos da África do Sul, Botsuana, Suazilândia, Namíbia e Lesoto.

O Papa se uniu à preocupação das autoridades pelo que a aids têm causado na África, e afirmou estar rezando por cada pessoa que sofreu ou sofre com essa epidemia cruel. E incentivou a luta para vencer esse vírus “que não só mata, mas que ameaça seriamente a estabilidade social do continente”.

Bento XVI assegurou aos prelados que “o ensinamento tradicional da Igreja se demonstrou como o único meio infalível para prevenir a expansão do HIV/aids”.

”Por esta razão, o companheirismo, a alegria, a felicidade e a paz que o matrimônio e a fidelidade cristãs oferecem, assim como a garantia que a castidade oferece, devem ser continuamente apresentados aos fiéis, em particular aos jovens”, alertou.

O pontífice reconheceu sua preocupação ao constatar que a família - o tecido da vida africana, sua autêntica fonte de esperança e estabilidade -, está ameaçada pelo divórcio, o aborto, a prostituição, o tráfico de seres humanos e a mentalidade anticonceptiva, elementos todos que contribuem a uma ruptura da moral sexual.

Fonte: cancaonova.com

voltar